quarta-feira, 24 de julho de 2013

Proibido Elefantes no Encontro Nacional de Dança Contemporânea




O Sistema Fecomercio (Sesc /Senac) na programação Aldeia Sesc - Papa Jerimum, Palco Giratório, Companhia Gira Dança e o 5º Encontro Nacional de Dança Contemporânea apresenta o espetáculo "Proibido Elefantes".
O espetáculo abrirá a 1º Plataforma de Dança, dentro do festival.

O Encontro Nacional de Dança Contemporânea, em seu quinto ano, busca fundamentar a discussão sobre a dança contemporânea e contribuir com o desenvolvimento sócio cultural do Rio Grande Do Norte.

A programação completa de oficinas e espetáculos é gratuita, ou mediante a doação de alimento não perecível, a ser destinado ao Programa Mesa Brasil SESC.

Os ingressos podem ser retirados na bilheteria do teatro a partir das 14h do dia de cada apresentação.

SERVIÇO| PROIBIDO ELEFANTES
Onde: Casa Da Ribeira
Hora: 19:00
ENTRADA GRATUITA

Gira Dança na coluna "Cores e Nomes"

No último dia 20, a Companhia Gira Dança foi convidada a dar uma entrevista para a coluna "Cores e Nomes", da Inter TV Cabugi, afiliada a Rede Globo de Televisão, o resultado foi uma matéria divertida falando sobre como anda o nossa agenda, e sobre a proposta do espetáculo "Proibido Elefantes".

Clique aqui e confira na íntegra


sexta-feira, 12 de julho de 2013

Projeto Palco Gira Dança (Edição Especial)

Criado com a proposta de trazer para Natal um diferencial na propagação das artes cênicas, o projeto Palco Gira Dança tem como objetivo oferecer a comunidade local uma programação com apresentações da Companhia Gira Dança e grupos convidados, oficinas e palestras que incentivarão a prática e a contemplação artística e ainda visarão fortalecer as relações interpessoais entre os participantes, abordando dentro de uma metodologia desenvolvida em conjunto com essas atividades, temas como a Diversidade do Corpo na Dança.

Neste mês teremos uma edição especial, e em breve pretendemos retomar com a programação normal assim como aconteceu em 2011 e reuniu vários grupos do RN e Nordeste.

O Palco Gira Dança será realizado em conjunto com a programação do Circuito Cultural Ribeira e tem quase toda a programação GRATUITA.




PROGRAMAÇÃO

  • Dia 13.07 – SÁBADO

15h - Oficina Dança Aérea com Luísa Guedes – Valor R$ 20,00.

17h - Lançamento do kit celebrativo – Livro “Arte que vem das margens, 10 anos de Nóis de Teatro” – Documentário – “Um pouco sobre Nóis” – Distribuição gratuita.

19h – Sertão.doc com grupo Nóis de Teatro (CE). Entrada gratuita.

  • Dia 14.07 – DOMINGO

15h - Oficina Dança Aérea com Luísa Guedes – Valor R$ 20,00.

17h – Andarilhos do Coração, com grupo Cênica Ventura de Teatro (RN) – Entrada gratuita.

18h – Discotecagem com Thiago Tronicks – Entrada gratuita

18h30 – Hip Hop com o grupo – Entrada gratuita

19h – O que mata é o Costume, com o grupo Nóis de Teatro (CE) – Entrada gratuita.

*Inscrições das oficinas através do e-mail espacocgiradanca@gmail.com
Informações: 3322-4900



quinta-feira, 11 de julho de 2013

A Caravana Nóis de Teatro 10 anos chega a Natal

O Grupo Nois de Teatro de Fortaleza-CE faz o lançamento do livro “ A Arte que vem das Margens- 10 anos de Nóis de Teatro” e do documentário “ Um pouco sobre Nóis, no dia 13 de julho, às 17hs e apresenta o seu espetáculo “Sertão.doc”, às 19hs, no Espaço Cultural GiraDança, em Natal-RN. As ações, que foram articuladas em parceria com a Cia GiraDança, fazem parte da Caravana Nóis de Teatro 10 anos, projeto vencedor do Prêmio Myriam Muniz 2012.

O Nóis de Teatro, grupo de Teatro de Rua cearense que existe há 11 anos, tem sido reconhecido nacionalmente pela sua ação cultural nas comunidades e por sua produção estética que está fundamentada na ação política. Sua vertente de pesquisa, percebida nos quatro espetáculos que compõem o atual repertório, está baseada no estudo sobre os movimentos de resistência da periferia e do campo, tendo, nos últimos anos, realizado residências artísticas, circulação e montagem de espetáculos que discutem questões 
latentes da hodierna sociedade. Na parte de encenação o grupo é simpatizante das vertentes do Teatro Épico Dialético, fazendo um link com a linguagem do Teatro de Rua Contemporâneo em suas discussões sobre ocupação, intervenção e vivência.

Nesse ano, com o apoio da FUNARTE e do Premio Myriam Muniz 2012, o Nóis
realiza a “Caravana Nóis de Teatro 10 anos”, fomentando e difundindo a ação cultural do grupo no Nordeste Brasileiro. Passamos por 06 estados do Nordeste, apresentando nosso repertório por 08 comunidades de periferias, 03 assentamentos de reforma agrária, além de outras 29 apresentações nos centros urbanos das capitais. A construção da poética de um grupo de teatro da periferia de Fortaleza esta sendo vista em praças, periferias, assentamentos rurais e equipamentos culturais de seis estados do nordeste brasileiro, fortalecendo a nossa pesquisa acerca da poética do espaço e construindo possibilidades de realização do teatro de rua nos mais diversos cantos e territórios.

O livro “A Arte que vem das Margens- 10 anos de Nóis de Teatro” e o documentário “Um pouco sobre Nóis”, contam a história do grupo que surgiu no bairro da Granja Portugal, periferia de Fortaleza e hoje é referência nacional de arte e cultura de resistência na periferia.

O Nóis de Teatro chega em Natal com o espetáculo “Sertão.doc” que se trata de um documento vivo, um dossiê cênico, uma coleção de documentos que discutem pontos importantes acerca da questão da terra e da reforma agrária, desde o latifúndio e a perseguição política até o agronegócio, a revolução verde e a moderna reflexão sobre agroecologia. São abordados temas como a seca de 1970, a presença autoritária e 
hierárquica do capitão, a luta pela reforma agrária e contra o poder capitalista, além da conquista dos assentamentos, utilizando vários elementos, a estética do reisado enquanto efeito cênico. Essa apresentação também faz parte da programação de Julho do Espaço Gira Dança.



Serviço:
Grupo: Nóis de Teatro, Fortaleza-CE
Lançamento do livro “A Arte que vem das Margens- 10 anos de Nóis de Teatro.
Horário 17hs
Espetáculo: Sertão.doc
Horário: 19hs
Local: Espaço Gira Dança, rua Frei Miguelito, n° 100, Ribeira, Natal-RN
Gratuito

O Nóis de Teatro no Circuito Cultural Ribeira

O Grupo Nois de Teatro de Fortaleza-CE apresenta o seu espetáculo “O que mata é o costume”, no dia 14 de julho, às 17hs, Espaço Cultural Gira Dança, em Natal-RN. A ação, articulada em parceria com a Cia Gira Dança, faz parte da Caravana Nóis de Teatro 10 anos, projeto vencedor do Prêmio Myriam Muniz 2012. O Nóis de Teatro, grupo de Teatro de Rua cearense que existe há 11 anos, tem sido reconhecido nacionalmente pela sua ação cultural nas comunidades e por sua produção estética que está fundamentada na ação política. Sua vertente de pesquisa, percebida nos quatro espetáculos que compõem o atual repertório, está baseada no estudo sobre os movimentos de resistência da periferia e do campo, tendo, nos últimos anos, realizado residências artísticas, circulação e montagem de espetáculos que discutem questões 


latentes da hodierna sociedade. Na parte de encenação o grupo é simpatizante das vertentes do Teatro Épico Dialético, fazendo um link com a linguagem do Teatro de Rua Contemporâneo em suas discussões sobre ocupação, intervenção e vivência. Nesse ano, com o apoio da FUNARTE e do Premio Myriam Muniz 2012, o Nóis realiza a “Caravana Nóis de Teatro 10 anos”, fomentando e difundindo a ação cultural do grupo no Nordeste Brasileiro. Passamos por 06 estados do Nordeste, apresentando nosso repertório por 08 comunidades de periferias, 03 assentamentos de reforma agrária, além de outras 29 apresentações nos centros urbanos das capitais. A construção da poética de um grupo de teatro da periferia de Fortaleza esta sendo vista em praças, periferias, assentamentos rurais e equipamentos culturais de seis estados do nordeste brasileiro, fortalecendo a nossa pesquisa acerca da poética do espaço e construindo possibilidades de realização do teatro de rua nos mais diversos cantos e territórios.

O Nóis de Teatro chega em Natal com o espetáculo  “O que mata é o costume”,uma livre adaptação da obra brechiniana “ Aquele que diz sim, Aquele que diz não”. Baseado em conto japonês e escrito por Brech em 1930, o texto, apesar de antigo, possui uma temática atual e a adaptação do grupo pretende trazer o conto japonês para a nossa época. A peça fala sobre a importância da reflexão e de como o ser humano se comporta diante de determinadas situações. Com direção de Altemar di Monteiro, o espetáculo parte de um processo colaborativo que experimenta a fusão de elementos do Teatro Épico, do Teatro do Oprimido, da performance e do Teatro PósDramático, numa cena eletro-tecno-dance que utiliza do universo da musica eletrônica e a descontinuidade como recurso cênico para o debate dialético acerca dos temas apresentados.

Essa apresentação também faz parte da programação de Julho do Espaço Gira Dança.


Serviço:
Espetáculo: “O que mata é o costume”
Grupo: Nóis de Teatro, Fortaleza-CE
Local: Espaço Cultural Gira Dança, Ribeira, Natal-RN
Horário: 17hs
Data: 14 de julho (domingo)
Horário: 19hs 
Gratuito

sexta-feira, 14 de junho de 2013

Gira Dança agradece!

A Companhia Gira Dança e o Ponto de Cultura Giratório, gostaria de agradecer a todos que contribuirão direta ou indiretamente para que a nossa primeira turnê de 2013 acontecesse, foram imensas trocas, encontros e incriveis experiencias que vamos levar sempre em nossos corações, como companhia, crescemos, amadurecemos,e acreditamos ainda mais na nossa proposta de dança, de transformar, de contribuir de alguma forma, no modo de pensar o mundo.Agradecemos primeiramente ao público,por sairem do conforto do primeiro olhar, a todos que compareceram as oficinas, por estarem abertos as experiencias e as trocas propostas,e que venham outros encontros.
A Fabiano Carneiro, da Funarte, pela amizade e, de certo modo, tornar possível todos os acontecimentos; Cristina Castro, Luiz Antônio Jr, nossos anjos e toda equipe do VIVADANÇA Festival Internacional, pela alegria de estar, compartilhar; a todos da Oficina Municipal de Teatro – O Teatrão, em Portugal, e ao querido Joãoãoão pelas boas risadas em nossos trajetos;Sueli Machado da 1 Ato Companhia de Dança; Galpão Cine Horto, pelo presente de nos acolher, pela sensação de estar em casa,nossa, que espaço lindo; Jacqueline Castro e equipe, que produção querida, belo trabalho! Ronan Lobo do Teatro academia em Juiz de fora, que volta deliciosa! Débora Coghi – Sesc Juiz de Fora, uma grande parceria! Marta César e Neiva Ortega – Múltipla Dança Festival Internacional de Dança Contemporânea, foi uma chuva abençoada, bis! Cristiano Prim, pela sensibilidade do olhar que nos arrepiou. Alejandro Hamed- Grupo Cena 11, pelos abraços e apertos de mãos sinceros, e a nós mesmos, que conseguimos,ufa!

UM VIVA!

sexta-feira, 10 de maio de 2013

Segunda etapa da turnê PROIBIDO ELEFANTES

Depois da primeira etapa, passando pelo Festival Internacional VIVADANÇA em Salvador e Camaçari, na Bahia, e em Coimbra/Portugal, integrando a programação do Ano do Brasil em Portugal, a Companhia Gira Dança retorna a sua cidade, Natal/RN para cumprir com as suas atividades locais e se preparar para a segunda etapa da turnê "Proibido Elefantes" no primeiro semestre de 2013, além das apresentações do espetáculo, Álvaro Dantas e Rozeane Oliveira, bailarinos, ministrarão a oficina "Laboratório de Criação em Dança" em algumas cidades. Confira nosso roteiro.