A Semana do Audiovisual [SEDA NATAL 2012] agrega em seu projeto um momento dedicado a formação de novos agentes do audiovisual e demais interessados. Nesta primeira edição, aqui na cidade de Natal/RN, do maior festival integrado de audiovisual do Brasil teremos em nossa programação 4 oficinas sendo oferecidas gratuitamente com emissão de certificados ao término.

Vagas disponíveis: 20 por oficina;

OFICINAS OFERECIDAS:
  • OFICINA BÁSICA DE DIREÇÃO DE FOTOGRAFIA [De 03 a 06 de julho / IFRN Cidade Alta / Das 9h às 12h] Vagas Encerradas!
*Ministrante: Giovane da Rocha [Há 14 anos no mercado audiovisual, iniciei como repórter cinematográfico na rede SBT 1994, depois RBS TV em Santa Catarina e Rede Globo em Brasília até 1999.Seguindo de 1999 até hoje atuando no mercado audiovisual como Dir.Fotografia Free-lancer, em Produtoras de Brasília, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Pernambuco. Assinando direção de Fotografia em mais de 16 trabalhos dentre documentários, vídeo-clips e ficção, além de filmes publicitários e DVD's musicais.Ministrei oficinas de Dir. de fotografia 03 anos no SMVC – Santa Maria Vídeo e Cinema.]
*Descrição da Oficina:  Apresentar na oficina formas e técnicas de iluminação básica, com recursos criativos e de baixo custo para a produção de vídeos e filmes, com aulas práticas e teóricas, de todo o processo de um filme ou comercial; Exercitar os movimentos e enquadramentos de câmera, que transmitam de forma agradável e técnica da iluminação; ”Dividir”, os alunos em grupos, preparando-os para realizarem na prática os trabalhos de iluminação mostrando numa visão geral todos os segmentos de uma produção de um curta-metragem ou comercial.
*Material Individual do participante: O material para os participantes fica por conta do ministrante da oficina. Uma apostila básica de fotografia na qual entrego para cada um no primeiro dia das atividades da oficina.
*Produto Final: A meta da oficina é o desenvolvimento (produção) de um curta-metragem de no máximo 3 minutos nas aulas práticas, desenvolvendo, assim, todas as técnicas ensinadas e testadas, durante o curso. Isso faz com que o aprendiz tenha uma visão geral da arte de iluminar. As aulas práticas de iluminação fazem parte de um conjunto de informações, que possibilitam aos participantes sair do curso e produzir material com sua equipe.
  • IDEIA NO PAPEL E CÂMERA NA MÃO : UMA INTRODUÇÃO A PRODUÇÃO AUDIOVISUAL INDEPENDENTE [De 03 a 06 de julho / IFRN Cidade Alta / Das 9h às 12h] Ainda há vagas!
*Ministrante:  Renata Pyrrho [Melhor filme experimental do CURTACOM 2008. Produção ativa de vídeos e conteúdo para televisão. Roteiro e direção de mais de 30 filmes. Atua como ass. de direção na TVU RN programa Tela Rural.]
*Descrição da Oficina: Focaremos cada etapa necessária para uma produção. Da pré-produção a finalização.
*Material Individual do participante: Filmadora ou maquina fotográfica e computador.
*Produto Final: 5 Vídeos gravados em DVD e publicados no youtube.
  • MICRODOC [De 03 a 06 de julho / IFRN Cidade Alta / Das 9h às 12h] Ainda há vagas!
*Ministrante: Buca Dantas [Fabião das Queimadas - Poeta da Liberdade [2004, 56 min, DocTV]; Viva o Cinema Brasileiro! [2006, 24 min, obra prima do Cinema Processo] Perdição [2012, 15 min, obra de Cinema Processo]]
*Descrição da Oficina: Capacitação em realização de micro documentário. [máximo de 4 minutos]
*Material Individual do participante: Equipamento que grave imagem e som : máquina fotográfica eletrônica, filmadora amadora, etc.
*Produto Final: Cada participante deverá terminar a oficina com uma obra de MicroDoc realizada.
  • FUNÇÃO NARRATIVA DO ENQUADRAMENTO NO CINEMA [03  e 04 de julho / IFRN Cidade Alta / Das 9h às 12h] Ainda há vagas!
*Ministrante: Gilmar Santana [Doutor em Sociologia do Cinema /USP-SP/ Universidade de Barcelona-Espanha, Prof.Dr. Adjunto II-DCS-CCHLA-UFRN. Coordenador dos projetos: Documentário: a vida social mediada pela imagem (FAPERN)/ Frida Kahlo-Almodóvar (Com Nara Sales)/ PIBID-CAPES-Ciências Sociais. Trabalhos interdisciplinares envolvendo as temáticas: cultura e movimento popular, cinema, teatro, politicas culturais.]
*Descrição da Oficina: Para estabelecer seu diálogo com o espectador, o cinema desenvolve continuamente uma linguagem específica conhecida como cinematográfica. Em seu desenvolvimento ocupado em construir seu universo próprio de tempo e espaço, articula basicamente movimentos e planos. Cada ângulo, cada diálogo imagético entre eles, elabora a mágica que faz o público se envolver e entrar na narrativa. Esta oficina buscará evidenciar isso na observação da construção dos enquadramentos.
*Material Individual do participante: 5 cartolinas brancas / 2 canetões hidrográficos (vermelho e azul) / tesouras / régua.
*Produto Final: Story boards e textos sobre o enquadramento.